Estudo comprova benefícios de meditação e yoga durante a gestação



A meditação durante a gestação pode ser uma forma de reconectar o corpo e a mente, fazendo com que a gravidez seja mais tranquila, diminuindo as chances de depressão e ansiedade pós-parto, explica Cristiane Chaves, médica integrativa e fundadora do Programa Mind Body Medicine.


Um estudo de coorte prospectivo longitudinal (Abordagem Holística da Gravidez e o estudo do primeiro ano pós-parto), publicado na Archives of Women’s Mental Health, avaliou 486 mulheres. Elas completaram o formulário Escala de Percepção do Parto e o Escala de Depressão Pós-natal de Edimburgo, entre 7 e 21 dias após o parto.


A conclusão mostra que a prática de meditação de atenção plena (mindfulness), que estimula agir com consciência em vez de reagir, foi significativamente associada a uma percepção mais positiva do parto, após o ajuste para covariáveis. “Os autores concluem que a meditação de atenção plena durante a gravidez pode aumentar uma percepção positiva do parto”, explica Cristiane.


“Outro estudo, uma revisão sistemática, avaliou como a prática meditativa de atenção plena interfere na saúde mental dessas mulheres. Os resultados sugerem que as intervenções baseadas na atenção plena podem ser benéficas para desfechos como ansiedade, depressão e estresse percebidos durante o período perinatal”, continua, citando o estudo “Intervenções de Mindfulness Durante a Gravidez”.


Porém, para que a meditação tenha efeito, deve ser feita periodicamente, assim como com as atividades físicas. “Essa pesquisa científica dividiu as gestantes em grupos que realizaram ou não cursos de meditação. Os resultados indicaram que o curso foi potencialmente benéfico para quem o concluiu, mas os níveis de evasão do curso foram muito elevados, prejudicando a avaliação”, explica a médica.


Além da meditação, outra prática integrativa e interessante principalmente para as grávidas é a yoga. “Resultados de estudos científicos indicam que as intervenções de yoga geralmente são eficazes na redução da ansiedade e da depressão em mulheres grávidas”, finaliza a profissional. Além desses benefícios, a yoga é ótima para consciência corporal, que ajuda na hora do parto e a recuperar as energias, melhora a postura e circulação.



2 visualizações0 comentário