Empoderar a criança é desenvolver autonomia



É possível perceber que o desenvolvimento da autonomia de uma criança começa desde muito cedo, enquanto ela ainda é um bebê. Durante a amamentação, por exemplo, é possível perceber sinais de autonomia quando o próprio bebê para de mamar no momento em que se sente satisfeito. Mesmo que a mãe não tenha ideia do volume que o bebê mamou, num gesto de confiança e respeito ela o coloca para arrotar.


Cuidar da introdução alimentar, mantendo o foco na confiança e no respeito pelo bebê é fundamental para que ele se sinta confiante e seguro para participar ativamente da sua evolução alimentar.


No meu curso de introdução alimentar eu mostro caminhos para que aos poucos, o bebê vá desenvolvendo habilidade e maturidade para conseguir se alimentar sozinho, quando um pouco maiorzinho se servir sozinho e ao passo que ele vai crescendo sua conexão com o alimento vai se tornando algo naturalmente leve, possibilitando que sua autonomia seja cada vez mais presente.


Amanhã na live da série Papo de Cozinha que acontece no meu Instagram às 18h, vou receber, ninguém mais, ninguém menos que Rita Lobo, e o nosso tema será EMPODERAR. A conversa vai estimular mães, pais e crianças a irem para a cozinha preparar seus próprios alimentos.


Afinal, preparar a própria comida é, sem dúvida, a melhor forma de escolher o que vai comer, de garantir a qualidade do alimento e ter certeza da aprovação do prato. Portanto, ir para a cozinha com as crianças, por mais que a bagunça possa assustar, vale a pena.




0 visualização0 comentário