8 sinais de que você está sofrendo com a ansiedade



Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), quase 19 milhões de brasileiros sofrem de ansiedade. Apesar de parecer uma condição conhecida, nem sempre ela está associada às crises ou sintomas pontuais, é a chamada ansiedade de alto funcionamento, que pode estar presente em certas atitudes que não te fazem “desconfiar”. “Às vezes, essas pessoas se resguardam evitando certas atividades que desencadeiam essa sensação. Outras vezes, podem estar cheias de motivação, se esforçando mais em todos os aspectos de suas vidas”, explicou a psicóloga Suzanne Leckie para a “Women’s Health”.


Confira oitos sinais de que você pode estar sofrendo com a ansiedade sem saber:


1. Excesso de perfeccionismo

Seja no trabalho, em casa, nos relacionamentos ou em qualquer outro lugar, a busca pela perfeição é um desejo constante. O resultado disso é: criar expectativas irrealistas de si mesmo, acompanhadas pelo medo de “falhar” e pensamentos como “tudo ou nada” ou “se não sou o melhor, então sou o pior”.


2. Excesso de controle

Aliado ao perfeccionismo, o hábito de controlar tudo em todas as situações pode te fazer se sentir melhor e mais autoconfiante. No entanto, quando algo acontece de forma imprevista, te deixa imensamente aborrecida.


3. Sempre muito ocupada

Sua agenda não pode ter um espaço vago, porque prefere estar sempre cheia de tarefas e compromissos para manter sua mente ocupada, sem tempo para os próprios pensamentos.


4. Noites mal dormidas

Ficar revirando de um lado para o outro, não conseguir dormir bem durante a noite, podem ser reflexo de todos os seus sentimentos acumulados. A ansiedade que guardou para si ao longo do dia pode se manifestar como distúrbios do sono.


5. Dores e hábitos repetitivos

A ansiedade pode te deixar tensa e ocasionar em dores de cabeça e estômago. Além desses sintomas, hábitos repetitivos também podem ser sinais, como roer as unhas, morder os lábios, bater os pés ou estalar os dedos.


6. Dificuldade de transparecer suas emoções

Às vezes, você pode transparecer ser uma pessoa indiferente e sem emoção, pois costuma guardar para si algumas coisas na tentativa de agir de maneira racional e lógica.


7. Medo de decepcionar outras pessoas

A autocobrança em manter bons relacionamentos podem mexer com você, que busca sempre agradar os outros por medo de os decepcionar. No entanto, isso pode gerar frustações, porque nem sempre a atenção é recíproca, mas isso também não te impede de continuar tentando ser amigável.


8. Não sabe dizer “não”

Talvez pelo próprio medo de decepcionar os outros, é comum que você se mantenha sempre à disposição e, mesmo que não esteja ao seu alcance, não mede esforços para ajudar as pessoas e é persistente nas tarefas.


Apesar de essas serem algumas evidências, o ideal é procurar por psicólogos e especialistas no assunto, para que possam te diagnosticar e dispor do tratamento ideal.





0 visualização0 comentário