6 dicas para uma mãe voltar a se sentir uma mulher linda novamente



Mulheres com bebês pequenos muitas vezes se esquecem de si. Isso é natural, a entrega e o trabalho são enormes, fica fácil se perder no universo da maternidade. Mas tão importante quanto estar inteira para cuidar dos filhos(as) é cuidar de si, é recuperar a sua identidade antes de ser mãe.


Muito se exige que da mulher nos primeiros meses/anos da criação de um(a) filho(a): amamentação exclusiva, cuidados com o bebê, trocas de fraldas, banho, bota pra arrotar, leva pra tomar sol, leva ao pediatra, pra tomar vacina… tudo isso recheado de inseguranças e atenções, não tem jeito é exaustivo.


E hoje no dia das mulheres, vim lembrar que a única coisa que, realmente, só uma mãe pode dar ao seu filho é o peito, o resto, todas as outras tarefas é possível o pai fazer também.


Então aí vão algumas dicas para ajudar mães a recuperarem um tempinho para se sentirem mulheres lindas novamente.


  1. Desde os primeiros dias do seu bebê, divida as tarefas do dia a dia com o seu(sua) parceiro(a).

  2. Tenha uma rede de apoio, peça ajuda. Lembrando que ajuda a gente pede pra familiares e amigos. Pai não ajuda, pai é tão responsável pelo bebê quanto a mãe.

  3. Desde as primeiras semanas do seu bebê, tente organizar a rotina para que você consiga tomar um belo banho, todos os dias. Um bom banho é revitalizante. Ninguém merece ficar o dia inteiro com aquele cheirinho azedo de leite.

  4. Enquanto estiver amamentando, converse com seu bebê sobre as coisas que você fazia antes dele nascer e te deixam muito feliz (dançar, correr, ir a praia, papear com as amigas…). É uma forma de você se conectar com essas coisas e não deixar que elas se percam nas memórias. Lembrar delas vai te ajudar a recuperá-las mais rápido.

  5. Escolha uma mamada do dia, e depois dela, na garantia e tranquilidade de que seu bebê não vai ficar com fome, entregue-o a alguém e aproveite um momento só seu. Comece com 10/15 minutos depois vai aumentando. Até que vai chegar a hora que você terá um intervalo entre mamadas todinho só pra você!

  6. Assim que possível recupere umas das atividades que mais gosta de fazer sozinha, e inclua ela na sua rotina (ler, escrever, fazer a unha ou o cabelo, uma atividade física, qualquer coisa sua)

Voltar a se reconhecer e se conectar como a mulher linda e forte que existe aí dentro, te ajuda a, aos poucos, ir se desmontando da mãe, exausta e descabelada, que toma conta da gente nos primeiros meses de nossos filhos. E já já você será uma mãe incrível e uma mulher completa.



0 visualização0 comentário